28 de ago de 2011


“Os dias vão seguir da forma costumeira e ficaremos bem.” Ela sorriu com um ar desesperado. Todavia concordava plenamente. Ele falava muito do que não acreditava, entretanto via-se sincero consigo mesmo. A armadilha do primeiro encontro cativava lentamente duas presas. Ele a fazia rir, mas a desesperança que ela obrigara a si mesma permanecia inabalada. Os dias seguiriam da forma costumeira e ambos ficariam bem, exceto pelo fato de terem se encontrado. O desfecho é indiferente. A armadilha fez de ambos cativos.

2 de ago de 2011

lúbrico

pelos,
acenos,
acentos,
sussuros.

gritos
e falta de ar.

ensurdecedor ruído
movimento em falso.

calafrio
e ar rarefeito.
hipotermia,
movimentos furtivos.

da muita prática, pouca habilidade.
do sangue, o gozo.
do gozo, o tédio.
do tédio, sussurros.

um show flamejante para uma plateia vazia.
toques trocados e verbos reduzidos.
pouco falo.

ritumbar de um tambor de molas.
ressoar de um trovão sem lustre.

carnaval amanhecido
e samba triste.

palavras cruzadas incompletas,
dicionário de onomatopeias.

carnificina sangrenta
e puro deleite.

espoliação do direito pleno,
e profanação da injustiça.

coração,
pênis,
pedra
e vazio.